domingo, 1 de julho de 2012

Kalanchoe daigremontiana





Muitas vezes desvalorizada entre as suculentas por apresentar um padrão invasivo, um porte maior que a maioria e em alguns casos chamada erroneamente de feia. Sempre tive dessa espécie e nem sei como consegui, me acompanhou em todas as mudanças que já fiz até hoje e quando percebo lá está ela, enorme e sempre muito resistente. Dessa vez a floração foi surpreendente, é bem verdade que em determinada época fica um pouco desajeitada após investir suas energias na produção das flores que aparecem no inverno. O mais interessante dessa planta é que possui uma estratégia de dispersão de descendentes das mais fantásticas e eficientes que já vi na botânica, por meio de propágulos foliares,  por isso é tão fácil mantê-las na coleção.








Suas folhas são rajadas e dependendo da quantidade de sol que recebem podem variar de um verde intenso a verde claro com detalhes púrpura. 

Floração exuberante variando entre o rosa e o laranja, muito duradoura e atrai beija-flores e outras aves e insetos.

Planta anual, ou seja, tem um ciclo de cerca de um ano e após a floração perde o vigor e deve ser trocada, ou podada. Novos descendentes logo cresceram no lugar das antigas afinal sua estratégia na dispersão de novos indivíduos é muito confiável.
Muito ornamental e se for utilizada corretamente em lugares adequados possui uma beleza marcante.

12 comentários:

  1. Olá!
    Acompanho seu blog e adoro as idéias.
    Tenho duas dúvidas:
    1) Para montar essas guirlandas, bolas e livros de suculentas, são necessárias muitas mudas/ramos. Vc compra em grande quantidade ou faz "filhotinhos"? Sou de Campinas-SP, você saberia me dizer onde encontrar mudas?
    2) Quando você procura essas ideias DYI nos blogs estrangeiros, quais são as palavras chave que usa?

    Um beijo, adoro seu trabalho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, pra você montar as guirlandas e as bolas por exemplo são necessárias varias mudinhas sim, quanto mais mudas, mais cheias irão ficar e mais bonitas também. Já nos livros, como o espaço a ser preenchido é menor vai precisar de poucas. Já comprei grandes quantidades, mas como elas se multiplicam rápido, hoje utilizo as mudas das podas de vasos. Eu já ouvi dizer que o CEASA de Campinas é fácil de encontrar muitos tipos de suculentas, infelizmente não conheço ainda. As buscas que faço para encontrar coisas diferentes são através dos blogs que eu sigo.

      Excluir
  2. Obrigada pelas dicas Lidiane.
    Conheço o Ceasa sim, mas infelizmente em trabalhos em que usamos muitas mudas, acaba ficando um pouco caro.
    Fiz minhas primeiras mudinhas seguindo suas dicas aqui, está dando super certo!
    Um beijo, Isabella.

    ResponderExcluir
  3. Muito show seu blog. tenho algumas suculentas aqui em casa inclusive essas aí da foto, bom elas estão em uma jardineira com 30cm de profundidade mas as planats, algumas ja alcançam 2m de altura, ainda não floraram e aqui na região começou a época de chuvas que deve se estender até julho.... queria muito ver a floração delas.

    Anderson.

    ResponderExcluir
  4. Realmente a Kalanchoe daigremontiana é muito invasiva nasce das brotações caídas das folhas que vão se espalhando com muita velocidade. Tenho um caminhão delas aqui no sítio. Mas são lindas.
    Cláudio

    ResponderExcluir
  5. Olá, flor! Muito legal seu blog!

    Ganhei uma lindona dessas aí, que já está enorme e com os propágulos já se espalhando pelas folhas e os que caíram já nasceram novos brotos.
    Queria tirar algumas dúvidas:

    Moro numa kit, então meu espaço é reduzido. Consigo criá-la em vaso? Quanto as esses novos brotos, tiro ou deixo para que amadureçam e cresçam mais? E qual a quantidade indicada de água e luz que devo me preocupar pra que ela fique sempre linda?

    Agradeço desde já!
    =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. da pra te-las em vasos sim, ficam muito bonitas .

      Excluir
  6. Alguém saberia me responder se as folhas podem ser usadas como medicamentos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. elas tem propriedades antitumoral

      Excluir
    2. São tóxicas, não parece que possam ser usadas como medicamento.

      Excluir
  7. Ola pessoal bom dia a todos.
    So entrei neste blog hj e achei muito legal, gosto muito de suculentas mas comecei a colecionar esse ano e ainda tenho poucas e essa da foto foi a primeira , tbm ñ sei como consegui a muda rsrsrs, agora em questão da pergunta q se elas servem como
    medicação, tomem cuidado com essas plantas elas sao venenosas para pessoas de baixa
    imunidade principalmente crianças idosos e animais. BJS

    ResponderExcluir
  8. Tudo aqui é maravilhoso! A coisa q acho q pideria mudar, seria a cor das letras. tenho dificuldade p eenxergar. Parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir

CRÉDITOS E DIREITOS AUTORAIS DE IMAGENS

A grande maioria das imagens utilizadas no blog não são de minha autoria, SEMPRE que encontro, disponibilizo os créditos nas imagens.
Infelizmente, muitas delas quando encontro, são cópias das cópias, e já não possuem os devidos créditos e direitos.
A única finalidade desse blog é a DIVULGAÇÃO e COMPARTILHAMENTO de imagens das suculentas, para uma popularização no Brasil dessas plantas que são incrivelmente resistentes e tão utilizadas ao redor do mundo.
Se você se deparar com uma imagem de sua autoria ou a qual possua os créditos, por favor entre em contato comigo pelo e-mail lidianepaisagista@gmail.com, para reparação correta com a colocação da sua autoria ou para a retirada da imagem do blog.